quarta-feira, 6 de março de 2013

Plano de Curso, Sociologia e Filosofia


PLANO DE CURSO - ENSINO MÉDIO
PLANO DE CURSO DE FILOSOFIA E  SOCIOLOGIA
PROFESSOR PAULINHO ALOISIO DE ARAUJO
EMENTA:

A Filosofia e a Sociologia  no ensino médio prevê uma introdução ao universo de tais disciplinas, seguidas, pelos estudos de temas relacionados as três áreas importantes desta:    * Teoria do Conhecimento,*  Ética, e valores morais* Estética.

OBJETIVOS:

· Distinguir os campos específicos para a Ética e a Política, percorrendo os pensamentos desde  Platão e Aristóteles ate os filósofos  atuais .
· Aproximar os alunos da Filosofia da  apresentando uma proposta de divisão histórica dos períodos filosóficos.
· Entender a superação do Mito com base na Filosofia.
· Compreender a origem do pensamento filosófico grego destacando Tales de Mileto.
· Localizar a Grécia neste contexto de mudança, ressaltando condições históricas e geográficas.
· Conhecer o pensamento de Sócrates Platão e Aristóteles, que compõe o importante legado ocidental dos mais produtivos períodos da Filosofia Grega: O antropológico e Sistemático.
· Perceber as questões que envolvem a Ética no se cotidiano.
· Refletir a polemica da estética na visão grega e na atualidade.
· Analisar as teorias contratualista, ao modelo político marxista, passando pelo idealismo e pela dialética. hegelianos no Hobbes, Locke, Montesquieu, Rousseau, Hegel, Max e Engels, alem de citar as revoluções burguesas e socialistas que modificaram o cenário político mundial e guardaram profunda relação com a teoria destes pensadores, tanto no pensamento filosófico e sociológico.
· Discutir os conceitos de Ideologia e Cidadania.
· Reconhecer os antecedentes da metafísica na idade média, moderna e atualidade.
· Identificar a lógica na antiguidade, na idade média e na atualidade.
· Teorizar sujeito e a realidade.
· Desconstruir o sujeito e a realidade.

METODOLOGIA:

· Aulas expositivas (tema da Aula)
· Leitura: indicação de algumas leituras para ampliação da abordagem dos temas.
· Pesquisas: para reflexão e debates sobre fatos históricos e correntes de pensamento.
· Vocabulário: significado de conceitos chaves.
· Painéis em equipes: apresentação de painéis a partir das pesquisas vinculadas a avaliação.
· Seminários

AVALIAÇÃO:

Debates
Pesquisas
Produção de Textos
Painéis
Dramatizações
Interpretação de filmes
Interpretação de textos em equipes ou individuais
Provas e testes


CONTEUDO   PROGRAMATICO  1ª SERIE
 UNIDADE   1     A    SOCIEDADE DOS INDIVIDUOS  
CAP  1  -  O  individuo, sua historia  e  a sociedade  
1.1 Nossas  escolhas, seus limites e repercussões
1.2 Das  questões individuais as questões sociais.
1.3  Vizinhos  e internautas

CAP  2  -  O PROCESSO DE SOCIALIZAÇÃO
2.1  O que nos é  comum
2.2  As diferenças no processo de socialização
2.3  Tudo começa na  família 
2.4  Os sonhos dos adolescentes 
2.4  Socialização por fragmentos 

CAP  3    AS RELAÇÕES ENTRE INDIVÍDUOS E SOCIEDADE 
3.1  Karl  Marx os indivíduos e as classes  sociais 
3.2  Èmile  Durkheim,  as  instituições e os  indivíduos 
3.3  Max  Weber,  o individuo  e a ação  social 
3.4  Norbert  Elias  e Pierre  Bourdieu: a sociedade dos indivíduos 
3.5   Regras não tem  mais regras

UNIDADE   2    TRABALHO  E  SOCIEDADE
CAP.   4  - O  TRABALHO NAS DIFERENTES SOCIEDADES
4.1  -  A  produção nas Sociedades Tribais
4.2  Escravidão  e Servidão 
4.3  As  bases do Trabalho  na Sociedade Moderna
4,4  A Santa 2ª Feira
4.5  Cenários  do  Mundo  do  Trabalho
            CAP  5  O  TRABALHO  NA Sociedade  Moderna Capitalista
5.1  Karl  Marx e  a  divisão  social  do Trabalho
5.2  -  Emile  Durkheim  e  a  Coesão  Social
5.3  -  Fordismo    - Taylorismo:  uma nova
           Forma de Organização  Social
5.4  As Transformações  Recentes  no mundo do Trabalho
5.5  -  A   Sociedade  Salarial  esta no  fim?
5.6  Cenários  do Trabalho  no Mundo de Hoje. 

CAP.   6  -  A  QUESTAO  DO TRABALHO  NO  BRASIL
6.1  - As Primeiras Décadas depois da Escravidão
6.2  -  A Situação do Trabalho nos Últimos sessenta Anos

6,3 -  O Desemprego
6,4 -  Cenários do trabalho  no Brasil

UNIDADE  3   A ESTRUTURA  SOCIAL  E AS DESIGUALDADES

CAP.  7  - ESTRUTURA E ESTRATIFICAÇAO SOCIAL
7 .1 -  As sociedades organizadas em castas
7 .2  - As sociedades organizadas por estamentos
7 .3  - Pobreza: condição de nascença, desgraça, destino...
7 .4  - Cenários das desigualdades 

CAP.  8   A SOCIERDADE  CAPITALISTA  E AS CLASSES SOCIAIS 
8.1  Hierarquização  e mobilidade 
8.2  A desigualdade é constitutiva da sociedade  capitalista 
8.3  Desigualdade de riqueza,  prestigio  e poder
8.4  Oportunidades  e estratificação
8.5  Sobre  a ideia de inclusão digital 
8.6  Cenário  das  desigualdades. 

CAP.  9  AS DESIGUALDADES  SOCIAS NO  BRASIL  
9.1  As  desigualdades analisadas  no  Brasil 
9.2  Fome  e coronelismo
9.3  Raça  e classe
9.4  Formação das  classes  sociais e mudanças  sociais 
9.5  Mercado de trabalho  e condições de vida 
9.6 Índices  de desigualdade
9.7  Cenários da desigualdades no Brasil

CONTEUDO   PROGRAMATICO    DA  2ª   SERIE    SOCIOLOGIA
 
UNIDADE  4   -  PODER,  POLITICA  E  ESTADO  
CAP  10    COMO  SURGIU  O  ESTADO  MODERNO 
10.1   O  Estado  absolutista
10.2  O  Estado  Liberal 
10.3  Os  Estados  nacionais no século  XX
10.4  O chamado Estado neoliberal
10.5    Cenário  do Estado moderno
CAP  11    O  PODER DO    ESTADO 
11.1  As teorias sociológicas clássicas  sobre o  Estado
11.2  Democracia, representação e partidos políticos
11.3  A  sociedade disciplinar e a sociedade de  controle
11.4  Cenário  do  Estado   contemporâneo 

CAP.  12   -  PODER,  POLITICA E  ESTADO  NO  BRASIL
12.1    O  Estado até o fim do séc.  XIX
12.2   O  Estado   Republicano
12. 3   Cenário   do   Estado   no  Brasil

CAP   13  -   A  DEMOCRACIA  NO  BRASIL
13.1    Democracia  e  Representação  política
13.2    Os  partidos  Políticos  no  Brasil 
13.3    Algumas  Reflexões  sobre  o  Estado  e a  Sociedade no Brasil
13.4   Cenários   da  Política    no Brasil

UNIDADE   5    DIREITOS , CIDADANIA  E MOVIMENTOS  SOCIAIS.
CAP.  14  - DIREITOS  E  CIDADANIA
14 .1  -  ‘Direitos para todos
14 .2  - Todos nascem livres e iguais... mas nem tanto
14 .3  - Direitos civis, políticos e sociais
14 .4  - Cidadania hoje
14 . 5  - Cenário  dos direitos e da cidadania
                   CAP.  15  -  OS  MOVIMENTOS  SOCIAIS
15 .1  - Confrontos  e  parcerias
15 .2  - A greve  como  elemento  central
15 .3  -  Os  movimentos  sociais  contemporâneos
15 . 4  -  Cenário dos movimentos  sociais 
CAP  16  -  DIREITOS  E  CIDADANIA  NO BRASIL
16 .1 – Uma sociedade  com  direitos  para poucos
16 .2  - A cidadania   regulada
16 .3  - Os   direitos  cassados e a volta da  cidadania
16. 4  - Cidadania  hoje
16 .5  -  Cenários dos direitos no Brasil 

CAP   17 -  OS MOVIMENTOS  SOCIAIS NO  BRASIL
17.1  Lutas no período  colonial 
17.2  Revoltas regionais, abolicionismo e republicanismo
17. 3  De canudos a  Coluna   Prestes
17. 4  A  Republica  varguista
17 .5  A  Republica  fardada
17.6  Os  movimentos sociais  hoje
17.7  Cenário  dos movimentos sócias no  Brasil

UNIDADE  6   CULTURA  E  IDEOLOGIA

CAP  18  DOIS CONCEITOS E SUAS  DEFINIÇOES
18.1  Os  significados de  cultura
18.2  Cultura segundo  a Antropologia
18.3  Convivência  com a diferença: o  etnocentrismo
18 .4  Traços  culturais e culturas  hibridas
18.5  Cultura erudita e cultura popular
18.6  A ideologia, suas origens e perspectivas
18.6  A ideologia no  cotidiano
18.7  Cenários da cultura e da ideologia contemporânea

CAP  19  MESCLANDO  CULTURA  E IDEOLOGIA
19.1  Dominação e controle
19.2  Os meios de comunicação e  a vida  cotidiana
19.3  Esta tudo  dominado?
19.4  O universo da Internet
19.5  Cenário da industria  cultural

CAP   20    CULTURA  E INDUSTRIA  CULTURAL  NO  BRASIL
20.1  O  que caracteriza a nossa cultura?
20.2  Industria cultural  no Brasil
20.3  A  televisão  brasileira
20.4  A  inclusão  digital
20.5  Cenários  da cultura e da industria cultural no Brasil


  CONTEUDO PROGRAMATICO  3ª  SERIE   SOCIOLOGIA 

CAP.   21  -  MUDANÇA  SOCIAL  E  SOCIOLOGIA
21.1   -  A mudança  social  para os clássicos  da  sociologia
21.2  -  Modernização  e desenvolvimento       
21.3  -  Subdesenvolvimento e  dependência
21.4  -  Cenário  da  mudança social nos  séculos  XIX  e  XX

CAP  22   -  REVOLUÇAO  E TRANSFORMAÇAO  SOCIAL  
22.1  -  Sobre  a revolução
22.2  -  Revoluções  clássicas
22.3  -  Experiências  revolucionarias no  séc. XX
22.4  -  E  o  que nos  espera?
22.5  -  Cenário da  revolução  

CAP  23  -  MUDANÇA  E  TRANSFORMAÇAO  SOCIAL  NO  BRASIL
23.1  -  Duas  revoluções no Brasil  no séc.  XX
23.2  -  Modernização  conservadora 
23.3  -  Mudanças nos últimos anos
23.4  -  Cenário  da  Mudança  social no  Brasil

                                  TEXTOS
1  -  Historia da  sociologia:  pressupostos, origem  e desenvolvimento
2  -  As transformações  no  Ocidente e as novas formas  de pensar a sociedade
3  -  O surgimento  de uma ciência da sociedade
4  -  Desenvolvimento  da  sociologia
5  -  A  sociedade  no  Brasil
6  - AFRICANIDADE    em  debate
8  -  Reforma  Agrária
9  -  Globalização
10  - Desemprego

CONTEUDO  PROGRAMATICO DE  FILOSOFIA  1ª  SERIES

CAP.  1  -  A  FELICIDADE
1.1  -  O bem comum que todos desejam
1.2  -  Experiência  filosófica
1.3  -  Felicidade  e sabedoria
1.4  - Como viver bem para ser feliz?
1.5 -  O  que disseram os sábios
1.6  Conhecimento e bondade em Platão
1.7  -  Vidas teórica e pratica  em Aristóteles
1.8  - Prazer  moderado  em  Epicuro
1.9  -  Amor  ao destino  Estoicos
1.10  -  Como anda nossa  felicidade
1.11  -  O que dizem a historia e a ciência
1.12  -   A felicidade na historia
1.13  -  A felicidade nas ciências
 
CAP  2  -  A  DUVIDA 
2.1  Duvidar – o pensamento em busca de novos horizontes
2.2  -  A importância de perguntar
2.3  -  A  atitude  filosófica
2.4  -  Duvida  metódica -  O exercício da duvida por  Descartes

CAP  3  -  O  DIALOGO
3.1  O poder do dialogo -  Caminhos do entendimento
3.2  -  O papel da  linguagem
3.3 -  Conhecer e acreditar, conhecer
3.4  - Arte de perguntar -  o método dialógico de Sócrates
3.5  - Explicação do  método
3.6  - Estrutura do dialogo
3.7  - Dialogo com Eutifron

CAP  4  - A CONSCIÊNCIA 
4.1  -  Consciência -  Perceber o  que acontece
4.2  -  O que é a consciência
4.3  -  Consciência  e identidade
4.4  - Experiência  privada
4.5  - Consciente e Inconsciente-  As contribuições da psicologia
4.6  -  Freud  o inconsciente  pessoal
4.7  - Jung  o inconsciente  coletivo.
4.8  -  Consciência e cultura  -  As alterações com o ambiente
4.9  -  Durkheim e a consciência coletiva
4.10  -  Modos de consciência
4.11  -  Filosofia  -  Da consciência critica a sabedoria
4.12  -  Explorando  o senso  comum
4.13  -  Desenvolvendo a consciência  critica
4.14  -  Caminhos da  Sabedoria

CAP  -  5  -  O  MUNDO 
5.1  - Metafísica  -  A busca da realidade essencial
5.2  -  O   que é  ser
5.3  -  Problemas da realidade
5.4  -  Do mito a ciência -  Visão  de mundo através da historia 
5.5  - Primeiras  cosmologias
5.6  -  Metafísicas  gregas  e clássicas
5.7  -  Noção  de cosmos
5.8  - Dissolução  do cosmos
5.9  - Materialismo  x idealismo
5.10  - Monismo, dualismo, e pluralismo
5.11  - Metafísicas da modernidade -  O debate entre materialistas e  idealistas
5.12  -  Dualismo  Cartesiano
5.13  - Materialismo  mecanicista
5.14  - Idealismo absoluto
5.15  -  Tendências  Contemporâneas  -  Como se concebe o mundo hoje em dia.
5.16  - Reducionismo  materialista
5.17  - Enfoques  não revolucionistas
5.18  Papel  do observador



    CONTEUDO    PROGRAMATICO         3ª  SÉRIE     FILOSOFIA

12.  FILOSOFIA  MEDIEVAL :  PENSAMENTO  CRISTÃO.
12.1  -  Período   Medieval filosofia e cristianismo
12.2   -  Cristianismo
12.3  -  Fé  versus  razão
12.4  - Razão  e fé  juntas
12.5  -  PATRISTICA : A matriz platônica de apoio a fé
12.6  -  Santo  Agostinho
12.7  -  Superioridade da alma
12.8  -  Boas obras ou graça  divina?
12.9  -  Liberdade e pecado
12.10  -  Precedência da fé
12.11  -  Influencia helenística
12.12  -  ESCOLASTICA :  A  matriz   aristotélica  até  Deus
12.13  -  A questão dos  universais
12.14  -   Realismo
12.15  -  Nominalismo
12..16  -  Santo  Tomás de Aquino
12.17  -  Princípios básicos
12.18  - Ser e essência
12.19  -  Provas da existência de Deus
12.20  -  Mérito de Thomas  de Aquino
12.21  A  escolástica pós-tomista

13  -  FILOSOFIA  MODERNA  :  NOVA  CIÊNCIA  E RACIONALISMO
13  .  1 -  IDADE MODERNA  -  A  revalorização do ser humano  e  Humano
13  .  2  -  Renascimento
13 .  3  - RAZÃO  E EXPERIÊNCIA         
13  .  4  -  Francis  Bacon                           
13 .  5  -  GRANDE  RACIONALISMO   -   O Conhecimento  parte da  razão
13 .  6  -  René  Descartes
13 .  7  - Baruch  Espinosa
13 .  8  - Blaise  Pascal
13. 9   -  As bases da ciência moderna
13.10    -  Galileu   Galilei
13.11  -  Duvida  metódica
13.12  -  Dualismo
13.13  -  Idealismo
13.14  -  Racionalismo
13.15  Baruch  Espinosa 
13.16  -  Deus imanente
13.17  -  Blaise  Pascal
13.18  -  Limites da  razão
14  -  FILOSOFIA  MODERNA   EMPIRISMO  E  ILUMINISMO
14 . 1  - EMPIRISMO  -  O conhecimento  parte  da experiência
14 . 2 – Thomas  Hobbes
14 . 3  -  John   Locke
14 . 4  -  George  Berkeley
14 . 5  - David  Hume

14 .   6      -   ILUMINISMO  -  A   razão   em busca de liberdade
14 .   7     -    Montesquieu 
14  .  8    -   Voltaire
14 .   9    -   Diderot e   D´ Alembert
14 .  10  -   Rousseau
14.  11 –   Adam   Smith
14 . 12   _ Immanuel  Kant

15  -  FILOSOFIA  CONTEMPORANEA:   PENSAMENTO DO  SÉCULO   XIX
15.1  -  SÉCULO   XIX  Expansão do  capitalismo  e os novos ideais.
15.2  -  Progresso técnico e cientifico
15.3  - Desigualdade e desumanização
15.4  -  Romantismo
15.5  -  Principais características
15.6  -  Romantismo nas artes
15.7  -  Romantismo na  filosofia
15.8  - AUGUSTO  COMTE  fundação do positivismo
15.9  - O que é positivismo
15.10  - Lei dos três  Estados
15.11  -  Objetivo e características 
15.12  -  Reforma da sociedade
15.13  -  IDEALISMO  ALLEMÃO  a busca de um sistema unificador  do  real
15,14  -  Johan Gottlieb  fitche
15.15  -  Friedrich  Schelling
15.16  Friedrich   Hegel
15.17  -  Ludwig Feuerbach
15.18  -  Artur Schopenhauer
15.19  -  Soren  Kierkegaard
15.20  -  KARL  MARX       O materialismo dialético  e histórico
15.21  -  Critica ao idealismo  hegeliano
15.22   -   Materialismo    histórico
15.23  -  Capital e trabalho 
15.24   -  Dialética   marxista
15.25    -  Modos de produção
15. 26   Luta de classes.
15.27  -  FRIEDRICH  NIETZSCHE  uma filosofia  a golpes de martelo
15.28   -  Genealogia  da moral
15.28  Niilismo

CAP  16   -  FILOSOFIA  CONTEMPORANEA PENSAMENTO DO SÉCULO  XX
16.1  SECULO  XX  uma era de  incerteza
16.2  -  Mundo dos contrastes
16.3  -  Impressões antagônicas
16.4  -    Respostas  filosóficas
16.5  -  EXISTENCIALISMO A aventura e o drama da existência
16.6  - Edmund  Husserl
16.7  -  Martin  Heidegger
16.8  -  Jean   Paul  Sartre
16.9  -  FILOSOFIA   ANALITICA    A analise lógica da linguagem
16.10  -  Bertrand  Russell
16.11  -  Ludwig  Wittgenstein
16.12  ESCOLA  DE  FRANKFURTN A teoria critica contra a opressão
16.13  -  Theodor  Adorno  e  Max  Horkheimer
16.14  -  Walter  Benjamin
16.15  -  Herbert  Marcuse 
16.,16  -  Jurgen Habermas
16.17  -  FILOSOFIA    PÓS  -  MODERNA    o  fim do projeto da modernidade
16.18   -  Michel  Foucault
16.19  -  Jacques  derrida 
16.20  -  Jean  Baudrillard

CAP  17   -  A   ÉTICA 
17.1  - ÉTICA   E   MORAL   o problema da ação e dos  valores
17.2  -  Distinção entre moral e ética
17.3   -   Moral  e direito
17.4  -  Moral e liberdade
17.5  -  Liberdade e responsabilidade
17.6  -  Virtude  e  vicio
17.7  -  Liberdade  x  determinismo
17.8  -  Ênfase no determinismo
17.9  -  Ênfase na  liberdade
17.10  -  Dialética entre  liberdade e determinismo
17.11  -  Transformação da  moral 
17.12  -  Escolhas  morais
17.13  -  ÉTICA  NA  HISTÓRIA   Algumas  concepções da filosofia  moral
17.14  -  Antiguidade:  ética  grega
17.15  -  Ética do  equilíbrio
17.16   -  Idade Media :  ética cristã
17.17  -  Ética do livre arbítrio
17.18    - Idade  Moderna:  ética antropocêntrica
17.18   -  Ética  do dever
17.19  -  Idade  Contemporânea :  ética  do  individuo  concreto 
17.20  -  Fundamentação   histórico  - social
17.21  -  Fundamentação  ideológica 
17 .22 -  Ética  discursiva  

CAP  18  -  A   POLITICA 
18.1  -  POLITICA  Bem comum ou exercício do poder? 
18.2  -  Conceitos  de  política
18.3  -  Fenômeno  do  poder
18.4  -  Formas  de  poder
18.5 - ESTADO  A  instituição  que  detem o poder  político
18.6  -  Origem  do Estado
18.7  -  Função do Estado 
18.8  Resposta  liberal
18.9  Resposta  marxista
18.10  -  Sociedade  Civil e Estado
18.11  - Regimes  políticos
18.12  - Democracia   
18.113   -  Ditadura
18.14  -  POLITICA  NA  HISTORIA  Principais reflexões  filosóficas
18.15  - Rei -  filosofo para  a justiça
18.16  -  Animal  político
18.17  -  Príncipe bom e  virtuoso
18.18  -  Direito divino de governar
18.19  -  Separação entre política  e ética
18.20  -  Os fins  justificam os meios
18.21 -  Teoria do direito  divino 
18.22  -  Questão da  criação do Estado.  
18.23  -  Necessidade do Estado  Soberano
18.24  -  Guerra de todos contra  todos
18.25  -  Concepçao  do  Estado  liberal
18.26  -  Separação dos poderes
18.27  - Da  vontade  geral  surge o  Estado
18.28  -  Do  Estado  surge  o individuo
18.29  -  Instrumento do  domínio de  classe
18.30  - Manutenção  da desigualdade 

CAP  19  -  A  CIENCIA 
19.1  -   O  QUE  É  CIENCIA  Do  método ás  leis  cientificas
19.2  - Objetivos da  ciência 
19.3  -  Método  cientifico
19.4 -  Outros  ingredientes
19.5  -  Leis  e  teorias  científicas
19.6  - Transitoriedade das teorias  cientificas 
19.7  -  Filosofia  da ciência
19.8  - CIENCIA  NA  HISTORIA  A razão cientifica através dos  tempos
19.9  -  Ciência  moderna
19.10  -  Enfoque  quantitativo 
19.11  - Enfoque operativo  
19.12  -  Desenvolvimento  das  ciências 
19.13  -  Revoluções  cientificas 
19.14  -  Teoria da evolução das espécies 
19.15  -   Geometrias não  euclidianas
19.16   -  Física  quântica
19.17  -  Ciência  pós – moderna
19.18  -  Holismo
19.19  -   Pensamento  complexo
19.20  -  EPISTEMOLOGIA  A  investigação filosófica das ciências
19.21  -  Critério de verificabilidade
19.22  -  Critério de refutabilidade
19.23  -  Rupturas epistemológicas
19.24  -  Paradigmas e revoluções  cientificas
19.25  -  CIENCIA E SOCIEDADE  o debate sobre o papel da ciência
19.26   -  Mito da ciências
19.27  -  A questão da superioridade
19.28  - Questão  da correção 
19.29  -  Questão da neutralidade
19.30  -  Critica  da  ciência
19.31  -  Dominação  social
19.32  - Interesses políticos  e econômicos

CAP.  20  A  ESTETICA
20.1  -  BELEZA  A experiência  do  prazer
20.2 -  O  que é  belo? 
20.3  -  Visões idealista  e empirista
20.3  -  Visão  de  Kant
20.4  -  Visão   de  Hegel
20.5  -  ARTE  A experiência  criativa da sensibilidade
20.6  -   O  que é  arte?
20.7  -  Fenômeno  Social
20.8  - Fenômeno  universal
20.9  - Arte  e  educação 
20.10  -    Arte  e  industria  cultural








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário